TCC – Puppy Mills: crueldade em escala industrial

Globo Repórter Caçadores do bem castram animais abandonados em São Paulo
28 de janeiro de 2016
Mostre tudo

TCC – Puppy Mills: crueldade em escala industrial

Para atender a crescente demanda por animais domésticos de determinadas raças, os canis comerciais movimentam uma indústria que atua barbaramente na criação de cães. Com o objetivo de minimizar os custos e maximizar os lucros, os animais – principalmente as matrizes – são explorados até a exaustão, para, posteriormente, serem descartados. Alheios ao bem estar dos animais, os criadouros, também conhecidos como Puppy Mills (fábrica de filhotes), normalmente ignoram as suas necessidades básicas, mantendo-os confinados em recintos apertados e sujos, com ausência de luz, alimentação e higiene precárias e sem assistência veterinária. Para a reprodução a fêmea gesta a cada cio sendo acorrentada em um suporte para que o macho a fecunde, podendo receber injeções hormonais para produzir mais filhotes. Devido a exaustão, as matrizes exploradas vivem em média de três a quatro anos, até que são abandonadas ou induzidas à morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *